domingo, novembro 22, 2009

TÁBUAS DE UM CAIXÃO ANUNCIADO


Não há Assis que gargareje desculpas. A imunidade absoluta de que gozam certos batoteiros não durará para sempre e a suspeição que recobre esses titulares será indelével. Ok. Manuel Godinho, Armando Vara, são pontas de um icebergue de um complexo processo que "envolve figuras da hierarquia do Estado", foi propalado. O problema é tudo quanto se faz para encobri-las. O problema é o refugo do PS e do PSD num desespero sôfrego talhando com os seus machados as tábuas do caixão do Regime.

1 comentário:

www.angeloochoa.net disse...

Meu comment a quejando tema, Joaqui Carlos Amigo, in
http://anabelapmatias.blogspot.com/2009/11/mario-crespo.html
Apelemos nós por justiça, que nossa fome e sede da mesma de nada vale ante as prerrogativas dos juízes da m... como dizem beirões. Reste-nos a palavra-evangelho que não passará que nada há que se faça ou diga no escuro que não venha a luz e se apregoe sobre telhados. Mas esses «senhores ricos» que nos des-governam desde imemoriais tempos nada querem com a voz da consciência de que Antero falava. E muito menos temem o de Juízo Dia que estão comodamente climatizados e «instalados em poltronas» como o Mário Branco cantava de «charlatães e charlatonas». Mais convencidos estão de que o bom Deus de tão bom tão bom «todo lo perdona» como «rojos» cantabam a padre cura de bailarico... Oxalá não se enganem e as paguem UM DIA todas juntas e com acrescidos juros ... Que se Justiça não há ao menos por divino direito nenhuma moral nos vale. Isto é somente... kantiano ...Anabela Amiga e quem to lembra é este a quem as letras «humanioras» não comeram os olhos terra com que vê e pensa ... amiga da nossa rebeldia... que o reino das pestes «negras...» e outras está aqui... no rectângulozinho a beira-mar prantado!