terça-feira, julho 20, 2010

BÍGAMA CRISE

Da semana em que Portas se atirou ao Poder, velho bígamo político, resulta perguntar-se por aí quando poderemos demitir o PS-Governo e o decíduo PSD-Oposição de uma só cajadada? Umas eleições-fraude reeditaram a putrescência mentirosa em vigor, mas, com Passos Coelho, do que se fala é do sexo dos anjos. Afinal, a crise também é bígama: por um lado copula com o Estado falido, por outro enrosca-se nas offshores que prosperam. Aliás, uma coisa está intimamente relacionada com a outra.

Sem comentários: