sexta-feira, julho 30, 2010

CÍNICO TABULEIRO

No negócio Telefónica/PT/Vivo não sei se Passos e o PSD foram coerentes ou não desde o princípio. O que sei é que as aves de rapina do PS-Governo não o foram de todo e agora procuram, a todo o transe, encavalitar-se no suposto colaboracionismo do PSD e de Passos com os interesses espanhóis. Esta birra artificial entre falsos patrióticos e duvidosos traidores à Pátria não lembrava ao diabo. Ora, à luz do estado da arte, percebe-se bem a profundidade e a extensão do cinismo patrioteiro pseudo-nacionalista do Governo-PS e a sofreguidão por apoucar PPC seja por que linha de argumentação for. Avulta como cristalina a fome de piruetas mediáticas e a procura de ficar por cima com as migalhas possíveis. O aliado da "Direita" deverá ser destruído na secretaria, nos bastidores, com passes prestidigitatórios e bocas foleiras, de preferência com génese interna ao partido. Foi assim com Menezes. Com Ferreira Leite. Talvez as boas maneiras de PPC compensem por cima o nervosismo ávido dos que sentem fugir-lhe o tapete por baixo dos pés.

Sem comentários: