sexta-feira, julho 30, 2010

GRANDE FEIO

Grande até ao fim, humano, sensível, exemplar na sua simplicidade e na força acalentadora da sua empatia para connosco. Um actor que nos levava às lágrimas pelas melhores razões e que pelas melhores razões ficará sempre junto de nós. Paz à sua alma.

4 comentários:

floribundus disse...

aos filhos da puta nada acontece de mal.
que descanse em paz

Anónimo disse...

Tenho pena, muita pena.
É que apesar de tudo, lá no fundo, bem no fundinho, acho que todos nós tinhamos aquela esperançazinha de que, talvez, por um qualquer milagre....
Virginia

Anónimo disse...

Ó António diz lá ao S.Pedro que isto assim não pode ser,o tipo só leva os gagos porreiros,só ficam cá os f. da mãe,um gago não aguenta, já são tantos,e pá tira uns dias de férias, porque estou desconfiado que o S. Pedro quer é ver teatro de borla,desconfio que o S. Pedro tambem virou politico.

Anónimo disse...

Ó António diz lá ao S.Pedro que isto assim não pode ser,o tipo só leva os gagos porreiros,só ficam cá os f. da mãe,um gago não aguenta, já são tantos,e pá tira uns dias de férias, porque estou desconfiado que o S. Pedro quer é ver teatro de borla,desconfio que o S. Pedro tambem virou politico.