terça-feira, julho 27, 2010

CÚMULO DA FEALDADE

Convinha que a sociedade portuguesa acordasse para isto: se estes indivíduos esquematizaram fórmulas sofisticadas de ganho pessoal com manipulação de números na sacrossanta actividade bancária, há quem se dedique a empreendimentos semelhantes com Nações, Estados e Povos, sem qualquer espécie de vergonha na cara e nulo escrutínio da nossa parte. A malícia e o vazio ético são o cúmulo da fealdade, seja qual for o ramo e o nível de responsabilidade, mas nestes casos trasandam por demais. Por que não se demitem estes últimos, assim que lhe moverem um processo subscrito por milhões de nós?!

1 comentário:

floribundus disse...

'mudaram as moscas'