domingo, julho 26, 2009

E DESMENTE ESPALHAFATOSAMENTE

Todos os desmentidos são patéticos. Mais patéticos serão se se tornarem frequentes, banais. Para aliciar, seduzir e assediar a sexy JAD para outras campanhas como um Troféu de Caça, a lembrar o 'roubo' falhado pelo FCPorto de um jogador apalavrado ao Benfica, dois ou três telefonemas bastariam com a vantagem de não implicar ter de ver o produto. Por isso, dizer Sócrates que já não vê Joana Amaral Dias há três anos é algum argumento com pés e cabeça?! Este PS subvertido porque socratinizado já não tem capital de fiabilidade e isso é péssimo para a nossa frágil 'democracia'. Houve um tempo em que atribuíamos um módico de verosimilhança aos enunciados de um qualquer membro de este Partido Sôfrego. Hoje, graças ao desastre messiânico grisalho e armaninesco de Sócrates, não lhe atribuimos nenhuma e até menos que nenhuma. Que pode ter o homem praticado para uma tal inaudita deflacção da sua palavra (de honra?) que nem advérbio salvador nenhum lhe mitiga o soar a falso, nem o espalhafatoso "categoricamente"?!: «"Aliás, já não vejo a Joana Amaral Dias há pelo menos três anos", acrescentou o primeiro-ministro. "O que lamento é que um líder político utilize uma falsidade para atacar outro, ainda por cima, insinuando que andamos a traficar influências", criticou. "Utilizar mentiras e usar inverdades para atacar um líder político é uma coisa que não se deve fazer", concluiu.»

Sem comentários: