terça-feira, julho 28, 2009

LIEDSON NA SELECÇÃO? INTEIRAMENTE A FAVOR


Muitos portugueses, jogadores ou não, seriam reprovados no âmbito dos seus deveres de cidadania se devidamente escrutinados. Pelo que não é a cultura de origem nem o local de nascimento fora de Portugal que determinam seja o que for. Nunca o deveríamos esquecer desde o tempo em que se nascia Português em Timor, em Macau, em Moçambique, em Angola, no Brasil, na Guiné, em Cabo Verde, em São Tomé e Príncipe, ainda hoje nos países ricos na Diáspora e Imigração Portuguesas. Liedson é um excelente avançado a quem acontece também desejar Portugal e poder obter a respectiva cidadania. Tem, portanto, toda a legitimidade de ser mais um jogador de Selecção. Para quem a isto torce o nariz, e não faltam muitos por aí, é bom que se lembrem que a partir do momento em que se obtém a nacionalidade portuguesa passa-se a dispor dos mesmo direitos de qualquer outro cidadão português. E dos deveres também. A parte dos deveres anda muitas vezes pela lama em Portugal, enfraquecendo organicamente um País na sua coesão e na sua força. Como? Não votando, por exemplo. Não pagando os impostos devidos. Sonegando aos empregados uma retribuição justa, segundo critérios de bem-estar e harmonia na sociedade. Banqueiros ladrões; Políticos criminosamente desonestos; Empresários incapazes de imitar a obra social de Rui Nabeiro; Gente que explora e não vê no outro um Próximo carente; Elites Decadenes hábeis sugadoras do Estado e insensíveis aos socialmente mais frágeis: são todos estes elencados menos Portugueses? Não. Talvez devessem ser, dada a esterilidade social e a insensibilidade humana que demonstram. Portanto, absolutamente nada a dizer de quem nos deseje a cidadania, de quem dela se orgulhe e nos faça orgulhar, como tenho a certeza o fará Liedson. Na Selecção Nacional de Futebol: «"Todos os jogadores que tenham naturalidade [nacionalidade] portuguesa podem ser convocados pelo seleccionador. O jogador manifestou esse desejo muito forte (...) e se ele tiver garantidas todas as condições para poder jogar por portugal, concerteza será bem vindo", disse.»

2 comentários:

Anónimo disse...

Liedson é português desde pequenino, nascido em Alfama e criado no Bairro Alto, já Carlos Queiroz de Vasconcelos é Espanhol ou marroquino...

Blondewithaphd disse...

E quem é o Liedson?