sexta-feira, julho 31, 2009

LEIS A MARTELO NO PAÍS DE CAVACO


É impressionante o números de vezes que o Tribunal Constitucional é chamado a fiscalizar as leis emanadas fundamentalmente da Maioria Paquidérmica PS, embora quase todos os demais partidos não estejam isentos do mesmo tipo de incompetência legislativa ou hábito pavloviano de não resistir ao Ímpeto Compressor da tal maioria. A hora, essa é toda de Cavaco Silva, diga-se o que se disser: «O Presidente da República considera “importante que tenha prevalecido o superior interesse nacional” no acórdão do Tribunal Constitucional que declarou inconstitucionais algumas normas do Estatuto Politico-Administrativo dos Açores. “Não considero uma vitória do Presidente da República, mas uma vitória do interesse superior do Estado português”, disse.»

Sem comentários: