sexta-feira, julho 24, 2009

SOFIA E A IMORALIDADE PROPOSITIVA

Sofia, Sofia, depois da desgenerescência moral estabelecida no exercício da política, profundamente estatelada no desbragamento socratinesco, isto em Portugal é cada vez menos uma questão de Propostas, e cada vez mais uma questão de Mãos Limpas. Sempre que Sócrates grasna "propostas", slogans, energias renováveis, internacionalização da economia comete o que eu passo a chamar de imoralidade propositiva. Fantasia perante esfomeados e graves problemas económico-financeiros é demência. Programas e propostas como espectáculo, não, obrigado!

Sem comentários: