sexta-feira, agosto 21, 2009

ASS, O INEFÁVEL TRAULITEIRO MANSO

Já se sabe: o rodízio de personagens politicamente queimadinhas de este PS comparecerá em filinha indiana a tecer bocas mordazes e ataques verminosos sobre a entrevista de MFL. Um de cada vez, típico de este PS no seu instinto tribal de vampiragem acossada, pondo os Assis, os José Junqueiros, os Vitalinos, os Vítor Ramalhos e os Vítor Baptistas em posição alerta, tipo fogo preso. Agora é a vez de ASS, mas já mesmo Alfredo Barroso, com a sua célebre voz aguardentina irmanando-o vocal e prosodicamente a João Soares (completamente alienado e completamente perdido no partido do Papá) e a Eduardo Barroso, intimou Cavaco a demitir alguém da Casa Civil da Presidência da República ou a demitir o Governo, veja-se! Uma das coisas mais extraordinárias do exercício do voto é a grande esperança de poder limpar do cinzento panorama político nacional personagens ainda mais cinzentas, eminentemente ásperas e desagradáveis só de olhar, quanto mais de ter de ouvir ou ler, como ASS, Vitalino, Lello, só para dar alguns exemplos. Vital, por exemplo, apesar da derrota e do voto de rejeição averbado, já lá está, na sinecura europeia, magnificamente derrotado e tudo indica que escarmentado, apesar das frases papagaias no seu blogue Súcia Nostra. É só uma questão de tempo até a higienização de Portugal ser completa e saciar toda a gente devidamente informada e recta, isto apesar do ultraDinheiro que milagrosamente este PS flana, 5,54 milhões de euros, Dinheiro capaz de alugar os norte-americanos vendedores de Obama, de pagar os luxuosos e esmagadores ecrãs gigantes, de pagar os banhos de multidão pré-fabricados, de pagar os beijos e amassos das gordas mulheres cheirando a peixe e a sovaco nesse Grande Mercado do Bolhão, que é Portugal: «O dirigente socialista Augusto Santos Silva rejeitou hoje que o país viva uma "asfixia democrática", como afirmou ontem à noite a líder do PSD, a quem acusou de "vazio de propostas e de ideias".»

Sem comentários: