domingo, agosto 23, 2009

MOITA FLORES, ESTRELA DA TV E CIRCO

O oportunismo arrivista, vendilhão, venal, do papagueador bem-falante da SIC está finalmente às escancaras. Politicamente promíscuo, amante do PSD, mas vítima de pedofilia política por parte do PS, esta estrela do comentário televisivo e dos guiões romanescos com que bocejamos, fornece amplos argumentos para ser devidamente dejectada das ementas fabulosas do Poder Autárquico, pela via popular do voto. Não se entrega assim o ouro ao bandido, logo diante da nossa cara de parvos opressos de mil e uma maneiras. Os intelectuais e fala-baratos, todos eles têm um preço, e arrojam-se a leilão por quem os souber arrematar. Pensei que só a extrema e absoluta nobreza de carácter, de procedimentos, de feitos e atitudes mereceria tal dourado benefício e áureo reconhecimento. Pensei mal: «A Câmara Municipal de Santarém vai atribuir a medalha de ouro da cidade ao primeiro-ministro, quando este assinar o protocolo que passa o convento de S. Francisco para a posse da autarquia. Moita Flores, eleito pelo PSD, mas que admite votar PS nas legislativas, diz que a condecoração foi decidida há meses.»

1 comentário:

daniel tecelão disse...

Toda a gente ainda se recorda o que aconteceu a Marques Mendes por ter tentado dar um ar de seriedade ao PPD.
Moita Flores vai passar de bestial a besta por não subscrever a politica da ética de MFLeite,não faltarão epitetos a enfeitá-lo.
O PPD convive mal com quem tem a coragem de denunciar a nudez do rei!!!