segunda-feira, agosto 17, 2009

IEFP ENTRA EM CAMPANHA

Com a limpeza burocrática implacável em decurso no sistema do IEFP, é ainda mais fácil a Francisco Madelino dizer aquilo que lhe pedem para dizer, tecnicizando muito aquela nuvem ilusória e retórica da "estabilização" e "melhoria", da acção "determinante" e "extraordinária" dos governos, infelizmente contraditável pela realidade sofrida, silenciosa, de milhares de desempregados desamparados: «O mercado do emprego não está a melhorar, mas "os valores negativos estão a ser sucessivamente mais pequenos", sublinhou hoje o presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional, em declarações à agência Lusa.»

2 comentários:

Joaquim Alves disse...

Ora aí está uma brilhante maneira de falar sem dizer coisíssima nenhuma!!!

Refiro-me obviamente ao "propagandista" do IEFP.

Abraço

JotaB disse...

Que dirão aqueles que, estando desempregados, não estão inscritos no IEFP, poi não têm direito a qualquer ajuda ?