PROGRAMA PSD USB FLASH DRIVE

Se a acção pífia de este PS Governo e os problemas gravíssimos por ele cavados são a serpente multicéfala mítica Hidra de Lerna, a simplicidade do programa do PSD mostra-se hercúlea no sentido letal do adjectivo e da respectiva narrativa. Queima e destrói cada cabeça do monstro. As fragilidades de concepção e consecução reformística de este PS expuseram inúmeros pontos fracos. Nada mais que atrito e conflitualidade com forças sociais confrontadas com factos consumados. Enquanto isso, a passarada política passeava impunidade, estatutos excepcionais, aura de aristocracia, prebendas, reformas douradas, legislação generosa em causa própria. O XVII Governo Constitucional pensava passear até eleições sem oposição sistemática e vigilante. Pois agora esses pontos frágeis e esses factos negros surgem explorados pelo programa do PSD de um modo que liquida. À dimensão ufana e pomposa do programa do PS apõe o PSD um elenco directo, USB Flash Drive, para debelar matérias altamente explosivas pela inabilidade brutal da legislatura cessante: «Manuela Ferreira Leite classificou esta tarde como “sucinto e objectivo” o programa eleitoral do PSD, sublinhando que não se trata de “um remédio para resolver todos os problemas do país ao mesmo tempo” e que todas as medidas apresentadas "são susceptíveis de ser executadas".»

Comments

daniel tecelão said…
Mais do mesmo,comida requentada,o PPD não tem propostas para o desenvolvimento e modernização do país.
Ninguem eeperava um rasgo de génio politico de Leite,nem mesmo o próprio PPD,mas estas propostas que só visam adiar,parar,anular,rasgar,romper,é retrógado e vai atrasar o país, não será assim que aeconomia se vai desenvolver.
Pedro Fontela said…
Isto é uma conversa de parvos (como aliás o são todas as apresentações de programas partidários) quando é sabido que o bloqueio a todo o país é o próprio sistema político partidário!
Anonymous said…
Nunca fui votante do PSD, e aplaudo todos os esforços, programas ou iniciativas que rompem definitivamente com a actual situação politica, ancorada no embuste,na mentira, no trote, na dívida, na folia e na corrupção.

É de crer que o estado-maior do sucialismo socretino e todos os pequenos poderes que orbitam à sua volta estejam em estado alerta.

Inclusivé os bandalhos da finança nacional que roubaram tudo o que havia para roubar e ainda aplaudem o Socretino quando este quer fazer aeroportos, Tgv's e auto-estradas, hipotecando as próximas gerações até à quinta casa.

Portugueses, a nossa sobrevivência, depende do afastamento dos actuais carrascos e do seu julgamento em tribunal especial.

Sejamos dignos dos maiores da nossa História.

(Não se esqueçam: Portgual bateu no fundo e está verdadeiramente a saque!)
daniel tecelao said…
Se não fosses anónimo,juro que te beijava até ao tutano,tal é a minha eterna gratidão por nos teres alertado para tão medonha desgraça nacional.
A BEM DE NAÇÃO
Pedro Fontela said…
Querem ver que o PSD não governou juntamente com o PS durante 30 anos?? Sou todo pelo afastamento dos responsáveis mas teria que ser bem mais abrangente...
Raf Sandor said…
Reavaliar os projectos significa avançar com eles passado um ano e meio. Logo, não passa de treta retórica, os contratos já estão assinados, quanto muito mudam as canetas.
Querem mesmo esta política? O Durão não foi eleito por mérito, mas por demérito do Guterres, aliás, eleito por demérito do Cavaco. Esses dois tiveram mérito depois das primeiras legislaturas mas depois veio o pântano, os espancamentos na ponte e borraram a pintura. O Sócrates foi eleito por demérito do Durão (e isso porque o governo Santana nem chegou a ser anedótico!). Agora, preparam-se para eleger a Manuela F. Leite apenas por demérito do Sócrates. Para quê? Para fazer ainda pior, leia-se acabar com o Estado Social e insistir no liberalismo sem regras que conduziu o mundo à crise actual? Não se lembram quando ela foi ministra? Não se lembram do Paulo Portas no poder? Querem-no ministro? E com que mérito?
Pedro Fontela said…
Mas alguém quer alguma coisa além de acabar com este jogo de alternância? Este sistema vive à conta da sombra do medo daquele que o precedeu, e só mesmo por comparação com isso pode ser visto como remotamente positivo.

Já chega de colaborar na nossa própria ruina.
Anonymous said…
I am always connect with friends through blogger.nice post Thanks for Sharing
More templates easy to download

Popular Posts