sexta-feira, agosto 21, 2009

EVITAR O DESASTRE NACIONAL


«…e se percebêssemos este simples, claro, meridiano facto de que ter mais quatro anos de governo PS - Sócrates é um desastre nacional, um desastre nacional que pode deixar o país estragado para muitos e muitos anos. E se percebêssemos este simples, claro, meridiano facto de que, nem que seja apenas para inverter algumas políticas perversas, que os socialistas irão continuar porque não sabem fazer doutra maneira até o país falir, sem imaginação, nem fôlego, nem dinheiro, já prestamos um grande serviço a Portugal. Não há razões máximas, gloriosas, teoricamente atractivas, "ismos" perfeitos, não há equipas a reluzir de novo, saídas não se sabe bem donde, não há governos-maravilhas, mas apenas governos-possíveis, não há regenerações de varinha mágica? Talvez. Mas também não há milagres a aparecer pelas esquinas. Não estão cá os nossos amigos, não está cá a nossa tribo, estão cá alguns inimigos figadais? Paciência. Está quem está. E está o país, Portugal, que precisa bem mais da nossa vontade do que das nossas distracções.» Abrupto, JPP

Sem comentários: