domingo, setembro 25, 2011

BOAS RAZÕES PARA LER O CM

Recebo as newsletters do Correio da Manhã desde há anos e mantenho boas razões para continuar a ler e a respeitar esse jornal. Considero absolutamente corajoso que o Correio da Manhã aplique a Sócrates o que se poderia chamar exercício de memória, denúncia [e profilaxia!] de abusos, elementar autodefesa das pessoas contra a malícia de um poder exercido a martelo, combate à corrupção mais desbragada, deslavada e impune que a política nacional alguma vez pôde revestir, em seis anos de negrume ético, grosseira traição a Portugal. Contra os excessos dos media todos podemos o suficiente, em casos extremos de desvio deontológico. Não temos podido fazer absolutamente nada contra os excessos tiranos de cretinos, desonestos e ávidos chicos-espertos alcandorados ao Poder por vias que só o Diabo conhece. Eleitos que não servem, mas pressionam. Eleitos que não criam, mas gastam e condicionam. Eleitos que não libertam, mas manipulam e chantageiam, trucidam e traficam consciências, enganando os órgãos legítimos da democracia, enriquecendo à sua conta e à conta da mansidão confiada de multidões desprevenidas. Nada a dizer do CM. Se não for o CM, não serão jamais os tribunais. Depois vêm paletes de revisionistas desmemoriados com charme pífio.

Sem comentários: