sábado, setembro 24, 2011

GRANDE NÓDOA INSULAR

HenriCartoon
Sim, há dois países – a Madeira (a ténia) e o Continente (o burro lazarento) –, mas o fautor dessa diferença é a extrema demagogia maliciosa de Alberto João Jardim. O seu descrédito é total e estar calado conviria. Por que não se cansa de si mesmo e não vai descansar para Porto Santo?! Depois de se comportar em tudo o que são dinheiros públicos como um pequeno Sócrates, não destoando em nada da devastação socialista dos últimos seis anos, de que é que estão à espera para apear, limpar e evacuar tal nódoa insuportável?! Mais tarde poderemos ir a Paris harmonizar o sentido de proporção e justiça nesta questão de criminalizar os políticos danosos à coisa pública.

1 comentário:

Anónimo disse...

Lamento mas 'Henri' não consegue desenhar de modo a que o animal representado signifique algo inconfundível: será Alberto João uma formiga? Claro que não; a formiga trabalha no Verão e poupa para os difíceis meses de Inverno. Será AJ uma cigarra? Deve ser essa a intenção, mas anatomicamente está errada: deveria ter asas; e o abdómen outra forma. Será AJ uma barata (por causa das antenas e da chafurdice)? É possível, mas a repelente hipótese tem um nome nada compatível com o descalabro Madeirense - onde nada parece ser barato ao contribuinte do Continente. É graficamente desafiador representar uma nódoa com olhinhos e fronha de Jardim - alastranto de forma sebácea pelas notas do mal-fadado-e-mal-parado 'euro'. Mas o título do 'post' é seu, meu caro Joaquim.

P.S. existe no museu do Instituto Câmara Pestana, uma enorme ténia dentro de um frasco (trata-se de um conjunto longuíssimo de vários parasitas associados, que infestam os intestinos)

Ass.: Besta Imunda