sexta-feira, setembro 23, 2011

UMA BRECHA NO TEMPO

«Foi disparado um feixe de neutrinos do acelerador de partículas situado perto de Genebra para um laboratório subterrâneo em Itália, a 730 quilómetros de distância. Resultado: o neutrino viajou 60 nanossegundos mais rápido que a velocidade da luz.» Gaspar Barreira

1 comentário:

Anónimo disse...

Ou seja, o Einstein não estava certo.
David Bohm, físico quântico americano, mais tarde radicado na Inglaterra, dizia da ciência e dos cientistas «they keep looking for a Theory of everything, a Theory of Theories, and it keeps receding...» (A ciência continua a procurar uma Teoria do tudo, a Teoria das Teorias e ela cada vez se afasta mais).

Virginia