quinta-feira, setembro 29, 2011

ESTRELA QUE EMBACIA


O povo portista manifesta impaciência e ansiedade com a liderança de Vítor Pereira ou a espessa ausência dela. Nula clarividência. O discernimento já não mora ali. Há muito tempo que não se viam onzes tão defensivos ou substituições tão ao lado. Há quem determine como limite para uma chicotada ou uma nova oportunidade o que possa suceder de errado, domingo, frente à Académica. Por alguma razão, o Vítor parece uma estrela que embacia. E embacia sem remédio.

Sem comentários: