sábado, setembro 24, 2011

O LÍDER NÃO GOSTAVA DE MÁS NOTÍCIAS

«Pensemos também no Pretérito Mais-que-Perfeito aplicado 'a nós', estultos portugueses: 1- Portugal saíra da confusão revolucionária em 1976 e achara que tudo estava resolvido. 2- Portugal perdera as Colónias mas ganhara o úbere europeu em 1986. 3- Portugal cavaquista considerara inútil manter e modernizar indústrias e meios de tornar o País independente do exterior. 4- Portugal, com Guterres, fechara os olhos à corrupção, criando tachos à parva e inflacionando brutalmente o número de dependentes de esmolas estatais (sem que tal tenha alguma vez sido exigido...). 5- Portugal, com sócrates, atingira o mais delirante estado de despesismo e de corrida para o abismo das dívidas - tudo em prol da boa disposição do líder, que não gostava de más notícias.» Besta Imunda

Sem comentários: