sábado, setembro 24, 2011

A RESPOSTA VIRÁ ALGEMADA DE PARIS

É uma vergonha. Uma vergonha que o grupo parlamentar do PS não tenha tido a mais vestigial coragem para votar conforme os demais partidos votaram pela criminalização do enriquecimento ilícito, refugiando-se em pressupostos para os quais está-se a cagar na maior parte do tempo, especialmente quando lhe dão uma oportunidade de saquear os recursos do Estado e é fartar vilanagem. O PS e o seu grupo para lamentar segue igual a si mesmo. Perante os muros e as dificuldades em criminalizar um tipo de prática eminentemente associada à política, o PS assume o tom patético na linguagem e perde-se no preciosismo da questão civilizacional, estando algo tão crucial em causa. Enquanto se entretém  a apodar de 'populista' a proposta votada e a lembrar-se do retrocesso civilizacional, condenando o facilitismo da proposta legislativa, o que tem a oferecer é Nada. Só o PS é que está bem. Já PSD/CDS e CDU e BE, que se uniram, e bem, não estão nem podem estar bem. Não admira que a propósito desta lei perpasse um extremo nervosismo nas hostes socialistas e as reservas sejam enormes. Como pode um célebre demagogo explicar os largos milhões que constituem a sua riqueza inesperada e absolutamente estranha, se sempre viveu da política e para a política e com a política, o que o perdeu politicamente, mas não o deixou pobre, bem pelo contrário? Talvez em breve Paris nos devolva a resposta devidamente algemada.

Sem comentários: