sábado, março 20, 2010

BES BESTA. FALO. REGIME

Apesar de Alegre, o grande PS dos macaco-lellos, ricardos rodrigues, e demais ratos-primadonnescos, com este PECado e muito antes dele, alterna avidamente com os «interesses e grupos financeiros». Trata-se de um PS-Governo com a CGD no bolso, o BCP na lapela e o BES Ricardo Salgado nas cuecas. Ricardo Salgado tem, aliás, sido o grande peão do socratismo mais ratazana. Merece o Primadonna de Ouro, espécie de Óscar pelo melhor papel de alternadeiro do Estado-PS. Se há bancos que estão no sítio certo, com o saque aos pequenos que se impõe e a parte de leão nos negócios de Estado, é o BES. Ele-BES, um dos principais financiadores das obras megalómanas do Primadonnismo obstinado, esperto, estúpido. Ele-BES por trás da OPA falhada da Sonae sobre a PT. Ele-BES, enrodilhado nas manobras da PT com a Ongoing. Ele-BES com a questão do aeroporto colocado nos longes desérticos de Alcochete bem no cerne do País empobrecido, desactivado, subsidiado. Ricardo Espírito Santo e o seu BES-Besta está, pois, onde deve estar. Mas isto tem o outro lado: o Lobo-BES, banco do Regime, quer ser ainda mais do Regime que todos os outros bancos do Regime. Por isso e para isso tem de saquear compensatoriamente o cidadão. Trata-se de um banco com olho e sentido de oportunidade. Por isso vai, vem, e penhora-me 1/3 do salário bruto. Falo. Sátiro. Fá-lo a milhares de outros portugueses. Assim vai a República, a grande obscena.

Sem comentários: