domingo, março 07, 2010

MORCEGO VERMELHO

Este é o ano do Benfica. Tudo lhe corre de feição. Dentro e fora do campo. Ninguém lhe resiste. Nenhuma equipa verdadeiramente ombreia com ele. Nenhuma brilha tanto. Venha quem vier, será bicado e degustado e eu só espero que a Europa fique a seus pés ainda esta época. Infelizmente, para efeitos de liderança na Liga Sagres, não haveria a Águia Vermelha do mérito sem o Morcego Vermelho da sorte, do favor estratégico e das manobras de bastidores: o Braga foi desalojado da liderança porque cirurgicamente enfraquecido sem espinhas. O FC Porto viu-se apanhado de surpresa nos túneis ardilosos do sistema. De tudo isso se entreteceu o Campeão anunciado. Sem aquelas dedadas decisivas, não se compreenderia aquilo a que estamos a assistir: um Benfica hidráulico, sem cansaços, sem falhas, sem quebras, como que insuflado por bombas certamente naturais. Definitivamente, não há ali vestígios de várias competições nas pernas. Mística? Certamente que sim. A da Águia e a do Morcego Vermelhos. 

10 comentários:

Unknown disse...

Tás com uma cabeça... tás tás..próprio de mau perdedor, baixo nivel e desleal que mesmo nos momentos de fraqueza evidente da sua equipa, não reconhece o óbvio.. que os outros são mais fortes.. é só isso meu caro. Não invente conspirações,corrupção ou outras manobras porque esses artifices são da exclusividade das cores que o meu amigo defende.

Unknown disse...

Tás com uma cabeça... tás tás..próprio de mau perdedor, baixo nivel e desleal que mesmo nos momentos de fraqueza evidente da sua equipa, não reconhece o óbvio.. que os outros são mais fortes.. é só isso meu caro. Não invente conspirações,corrupção ou outras manobras porque esses artifices são da exclusividade das cores que o meu amigo defende.

Unknown disse...

Tás com uma cabeça... tás tás..próprio de mau perdedor, baixo nivel e desleal que mesmo nos momentos de fraqueza evidente da sua equipa, não reconhece o óbvio.. que os outros são mais fortes.. é só isso meu caro. Não invente conspirações,corrupção ou outras manobras porque esses artifices são da exclusividade das cores que o meu amigo defende.

Marco Nicolau disse...

Estou a ver que continuas com as palas! Mais um jogo ganho sem espinhas e frescos como alfaces.

Outra coisa, não percebo o porquê da insistência do túnel... será que o Sapunaru (que não era primeira opção) e o Hulk que só perde bolas (e permitiu que o Varela se revelasse) fazem assim tanta falta?? Eu acho que o Porto ficou a jogar bem melhor sem eles, principalmente sem este último.

Dylan disse...

Rennie, Kompensan, Alka-Seltzer, Maalox, Sais Eno, etc...

N. B. - Desculpe a publicidade!

joshua disse...

Sim, estou insatisfeito e ressentido. Mas atenção que não há festa que um benfiquista decente faça sobre o cadáver da minha frutração que não possa reverter-se na sua própria frustração passada, presente ou futura. Estes ciclos de triunfo e derrota não poupam ninguém. E não vale a pena recomendarem-me gelo. Pode bem fazer falta a quem o recomenda e mais cedo do que pensam. O Benfica é grande. Oxalá dê muitas alegrias aos portugueses na grande casa europeia. Rivalidades são rivalidades. O FC Porto simboliza muitas coisas pertinentes. Representou sempre uma reacção contra o lado negro da política despreziva do resto do país quando concentra e privilegia a Capital em detrimento de toda a demais paisagem. É preciso resistir ao macrocefalismo desonesto e empobrecedor do País. É preciso um contraponto ao eclipse que Lisboa pratica relativamente ao restante território. O FC Porto é o meu clube. Nós fazemos tudo, dentro do fair play e da decência, pelo nosso clube.

Saudações desportivas a todos, especialmente ao Dylan.

Miguel Gonçalves disse...

Olá Joshua.
Só um aparte em relação ao regionalismo. Onde fica a sede da Liga de Clubes???
Cumps

joshua disse...

Caro Miguel, olá. Respondendo, agora, com a ubiquidade proporcionada pelas tecnologias de comunicação, por vezes a toponímia das instituições é irrelevante.

Lamentamos a perda de centros de decisão para Lisboa ou para Madrid, mas a Liga de Nylon, no Porto, é tão insignificante como ubíqua. A propósito, é o Morcego Vermelho que a tutela com evidente proveito. Abraço.

Miguel Gonçalves disse...

Entendo a tua revolta (mal seria se assim não estivesses).

Querer dar um estatuto regional ao FCP como tem, por exemplo, o Barcelona da Catalunha em Espanha está muito fora de lugar no nosso pequeno País. Para comprovar isso, basta fazer (ou ver) inquéritos sobre quantos portistas (cidade) são apologistas da regionalização e ao mesmo tempo adeptos do FCP.
O que quero dizer é que a garnde maioria de fcportistas não se revê na tua luta contra o estado centralista (pelo menos os que eu conheço que são muitos).

Isso aconteceria se Portugal pertencesse à Espanha (assunto que aliás defendo) e aí o aspecto de região seria para todo o Portugal, tal como têm a Catalunha e o País Basco, e o ódio provavelmente seria comum a SLB e FCP ao Real Madrid...

Daniel Santos disse...

o teu fervor portista comove-me.