sexta-feira, março 26, 2010

CRISE DO HUMOR BRASILEIRO

Uma excelente reflexão do grande Danilo Gentili: «Então. Ele não era o bom rapaz. Ele era o moleque sem educação que falava o que ninguém queria ouvir. Ele não é o seu herói. Ele é o seu anti-heroi. Se o senso de justiça do homem comum é agradar a todos o do comediante é desagradar a todos igualmente. O comediante não é uma adorável companhia. Ele é um adorável Filho da puta! Isso é ser comediante de verdade! Mas aqui no Brasil não se admira comediante de verdade. Porque a verdade não é admirável. Nossa cultura nos ensina a lucrar com a mentira. Rir com a verdade é algo que não entra na cabeça de ninguém por aqui. Aqui a verdade é feita para ser maquilhada. A verdade não diverte ninguém. Assusta. Fiquemos então com os imitadores de Silvio Santos, os burros que falam palavras erradas, os trocadilhos, os contadores de anedotas, o atrapalhado que dá cambolhotas circenses, a gostosa semi-nua que faz biquinho e o cara em traje caricato que fala um bordão. Eles não incomodam ninguém. E o comediante que ousar brincar com a verdade vai cair no esquecimento, de boicote em boicote. E pensando bem é possível que eu esteja indo, em poucos anos, exatamente para lá, para o esquecimento. Mas eu te juro que eu vou contando piada. Eu realmente gostaria que no Brasil os alvos das piadas não se considerassem tão frágeis, o público não fosse tão limitado e os comediantes não fossem tão covardes e acomodados.» Por cá, Deo Gratias pelos Gato Fedorento e pelos geniais Homens da Luta. São o que nos vale e ainda é pouco! 

3 comentários:

Janice disse...

Meu caro!
Falando por mim própria, eu penso que os tempos tão mais pra tragédia do que pra comédia, e, sinceramente, o cara tem de ser gênio meeesmo pra fazer eu rir ou achar alguma coisa engraçada, porque, de facto, a verdade não tem graça, é a verdade, a não ser a verdade ingênua, coisa que hoje em dia até bebé já nasce sem.
Mas eu admiro o teu humor, haha
Beijão,
Janice

Floribundus disse...

os actuais trágico-cómicos são:
zé sapatilhas, o conde drácula do fisco, assis perú de natal,as ratas dos parlamento,e outros deuses menores

Renato_Seara disse...

Já gostei mais dos fedorentos. Prefiro os homens da luta, mas para ser sincero penso que a equipa do Bruno Aleixo é neste momento quem produz o humor mais inteligente em Portugal.

Ps: Destaquei-te lá no meu sitio.