domingo, março 07, 2010

PUTA QUE LO PARIÓ, VIVA FIDEL!!!

En Cuba, un niño regresa de la escuela a su casa, cansado y faminto, 
le pregunta a su mamá:
- Mamá, que hay de comer?
- Nada, mi hijo.
El niño mira hacia el papagayo que tienen y pregunta:
- Mamá, por qué no papagayo con arroz?
- No hay arroz..
- Y papagayo al horno?
- No hay gas.
- Y papagayo en la parrilla eléctrica?
- No hay electricidad.
- Y papagayo frito?
- No hay aceite.
El papagayo contentísimo gritó:
PUTA QUE LO PARIÓ, VIVA FIDEL!!!

4 comentários:

A Efervescência da Mente disse...

ahahahah! ta boa essa! o cúmulo do despotismo iluminado!

Pata Negra disse...

Fidel nunca será para mim uma referência mas de Cuba existirão sempre muitas referências a fazer. Depois de anos e anos, de selecções de readers, de filmes, de anedotas, de vizinhos turistas, de partidários sectários e encarnados, começa-se agora a descobrir que existe Haiti e outras vizinhanças a quem Cuba não fica a dever nada senão solidariedade - antes do terramoto já Cuba tinha no Haiti 450 médicos pagos pelo trabalho de outros que andam em outros o paízes como Portugal / exportam médicos! vejam bem! velhos portugueses beneficiários do nosso SNS - das melhores coisas que ainda sobrevivem de abril - vão a Cuba fazer operações às cataratas!
Cuba não será uma democracia porque Fidel é irmão de Fidel e são sempre os mesmos, e por cá? Teremos mudado assim tanto? São sempre os mesmos? Folheando um por um dos países da américa latina, Cuba é um exemplo!
Vivam los povos da américa latina que ousaram deasafiar a poderosa américa!
Se quiseres, por isto, chamares-me comunista então compreenderei que não compreendes nada de poesia

joshua disse...

A ti, PN, chamo meu irmão e meu amigo. Sempre. Abraço.

Dylan disse...

AHAHAHAHAAHAHAHAHAH!