terça-feira, setembro 28, 2010

GERALDINE BAZAN

3 comentários:

Anónimo disse...

belo aparato, meu! É disto que tu gostas...

floribundus disse...

haja uma coisa BOA
neste rectângulo fascista sem futuro.

deixei de ir à praia para não ver gajas com monumentais quartos traseiros
a correr com as badalhocas debaixo dos sovacos para não darem joelhadas nos mamilos

Natália Bayeh disse...

MUY BELO! tão belos quanto os que vejo no espelho todos os dias,
o natural é realmente fantástico!