segunda-feira, setembro 20, 2010

HUMILHAÇÃO

Caminhamos a passos de gigante, dependurados embora ao pescoço optimista do PM, para um destino tão humilhante como o grego, tão nitidamente desprestigiante e degradante como o de uma republiqueta rapace, ridícula, caquética, sem rei nem roque. Com todos os vícios da aristocracia estomacal dos seus grandes reformados principescamente: o défice do Subsector Estado aumentou 445 milhões entre Janeiro e Agosto de 2010, face ao período homólogo de 2009, e regista agora um valor de 9 190 milhões de euros. Em Roda Livre! A cada dia, há todas as razões e mais algumas para rasurar esta República da Treta, refrescar da base ao topo um Regime Podre, Falhado a começar pelos políticos de polichinelo e a acabar nos cidadãos que medram entre esquemas subsidiários e escarros ao contribuinte. Mas, calma, dizem-nos da parte do Governo-Estado-PS que está tudo sob controlo e dentro do previsto, por mais chocante que seja. Os "socialistas", que beneficiam de toda a espécie de benevolência insciente das ignaras gentes, têm agora o dever patriótico de escaqueirar isto sozinhos: já que começaram, terminem o serviço.

4 comentários:

Anónimo disse...

Eu não compreendo. Há menos Funcionários Públicos. Os salários foram congelados. Há menos investimento do estado. Os cortes estendem-se desde as prestações sociais, aos medicamentos, hospitais (que foram obrigados a apresentar uma redução de 5% da despesa), reformas mais tardias (e para aqueles que se querem aposentar mais cedo as penalizações são gritantes), etc, etc, etc ... Estaram a mentir-nos? Mas então por onde foge o dinheiro? CLIENTELAS.

Anónimo disse...

A subida de impostos em Junho foi para isto?Os cortes em tudo e mais alguma coisa foi para isto?Para encher os vossos bolsos e dos amigos nas empresas publicas?Salarios de 100, 200 e 300mil €?Entao? Como é? Nao ha ninguem que acabe com esta palhaçada? Todos os portugueses com "dois dedos de testa" estão a ver o que se passa, a sermos "comidos" por tudo e todos...Alguem que acabe com isto!!! Isto é surreal!!!

Anónimo disse...

o pior é que já se viu que não é nos aumentos soberbos de impostos que la´vamos. vão ter de mexer onde dói mais, mas se foi arrogante para umas coisas, terá de o ser para outras. corte nos prémios, nos salários chorudos, corte no exército, forças armadas, marinhas e lixos afins que só dão despesa, corte nos funcionários nos hospitais, estorvam-se uns aos outros e passam a vida na conversa, corte nos funcionários das escolas, qualquer dia são mais do que os alunos, corte nas câmaras, vereadores, funcionários, é demais, é uma vergonha. corte nos bancos. não corte no pequeno, já não aguentamos mais.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.