domingo, setembro 12, 2010

«NÃO BRINQUEM COM O SLB»

Se o SLB se respeitasse e não brincasse com coisas sérias, teria gerido a titularidade de Roberto com o máximo de tacto, protegendo-se e protegendo o jogador, isto na pré-época: neste ponto, o juízo técnico-desportivo de Jesus falhou sucessivamente. Hoje, embora resgatado dos desastres iniciais mais clamorosos, Roberto desaparece do centro da azia, mas comparece a figura do árbitro Olegário, o qual, para quem viu o jogo de Guimarães, efectivamente não esteve nada bem, o que não desculpa a histeria em decurso na "Instituição". Mas o resumo é mais simples e mais profundo. Vai por esta ordem aleatória de danos e prejuízos ao futebol português e ao País: Queiroz, Madail, Laurentino/PS, Vieira, governos pós-25 de Abril, especialmente este Governo e o anterior sem Pão e com Circo, já com a sorridente bancarrota prestes a manifestar-se em toda a sua negrura desdentada. Entretanto, a Norte, outro campeonato onde brilham a maçã podre João Moutinho, o ex-sportinguista de valor futebolístico zero Silvestre Varela, Hulk, que joga com uma alegria e uma genialidade contagiantes, um Braga a revelar maturidade competitiva de altíssima valia, Villas-Boas a consolidar meteoricamente o seu valor e talento. Jogos como o de ontem, no Dragão, suscitam o melhor que há em nós, raptam-nos da mediania para a exaltação. Repelem, na catarse electrizante das mais belas jogadas, a memória de que o fim está próximo. O fim da omissa palhaçada falsária em política quando, por fim, vier a Alemanha governar-nos ou Bruxelas ou o FMI ou o diabo.

5 comentários:

floribundus disse...

o laurentino ainda não se pronunciou.
em breve:
'não há dinheiro,
não há palhaços'

floribundus disse...

Amigo
amanhã 'peregrinação do perdão na Bretanha'

Anónimo disse...

Sendo certo que foi uma roubalheira vergonhosa e que, esta época, voltou-se ao habitual ou seja favorecer o Porto a verdade é que os problemas do Benfica são mais profundos e têm uma razão: a incompetência dos responsáveis, dirigentes e técnicos. Poderia dar dezenas de exemplos mas fico-me por um: como foi possível apoiar, para a presidência da Liga, um indivíduo que foi durante anos dirigente "deste" Porto ou seja conivente com o PCosta? Quanto a brincar com o Benfica acho que é o que tem acontecido de há uns anos a esta parte; também o que esperar de um clube que teve dirigentes como o Damásio, o Vale, o Vieira,etc

Rato disse...

Isto é um facto: os árbitros da 1ºliga estão todos vendidos ao srºpinto, Senão não estavam na 1º liga. Aliás, o sporting é aliado do porto para beneficiar deste facto e, este ano, já está a beneficiar, e bem.Háanos que digo que o Benfica devia exigir árbitros estrangeiros.Mas é evidente que o treinador está com problemas de análise ao jogo.Não podem jogar de início Aimar e Carlos Martins e, secalhar, nem um.Outro erro tremendo é sair o Ramires e não terem comprado um jogador com características minimamente semelhantes.

zé da bola disse...

A procissão ainda vai no adro...
O minino Villas-Boas não estaria a cantar de galo, se não fosse a ajuda da máfia do norte...
Veremos se não há percalços...
Nunca se devem atirar foguetes antes da festa...