sábado, dezembro 11, 2010

DA INSOLÊNCIA

Palmira F. Silva está completamente madura para o véu islâmico e uma vida inteira sob as garras dos talibans. Só assim se percebe que se encarnice contra o Vaticano cujos segredos são amendoins fáceis comparados com os do lóbi político a cujo serviço palmilha as fontes de informação privilegiada, nelas pastando e depois parturejando posts lúcidos e urgentes como arrotos: os insondáveis desígnios socratistas valem mil vaticanos pelo cano e dez mil escarros! De resto, o movimento Wikileaks favorece um mundo mais justo e mais autêntico em que finalmente o Poder Político se exerça de baixo para cima e não, como acontece agora, sob a soma de interesses espúrios aos Povos. Estou, nisto, na íntegra com a opinião de ECT: «A Wikileaks é uma organização política, como escreveu Pacheco Pereira, e não jornalística, mas trabalha na comunicação social e tem relações especiais com cinco dos melhores jornais do mundo. A sua política é esta: mudar o mundo pela comunicação e não pela revolução.»

4 comentários:

floribundus disse...

os politicos ficaram sem suspensórios até deixaram cair aquelas coisinhas microscópicas a que chamam 'tomates'. deu-lhes o 'mal murcho'.
chamam democracia à merda deste fascismo que vem de cima para baixo. nem avisa a dizer 'merda vai'.
quero factos e não considerações palmerdésticas ou outras

Miguel Gomes Coelho disse...

Não ententendo o encarniçamento contra a Palmira ...
Não gosto nem apoio o Wilkileaks, mas o que a Palmira afirma é já do conhecimento geral. Os "cabos" nada dizem de novo. Até os mais encarniçados defensores do Vaticano sabem que é assim.
Qual é a novidade ?
Nem é novidade a sua saga em que sempre mistura socratismo, agora, com um assunto do Vaticano.
Ao pé dos posts da Palmira, alguns que leio aqui, sob a tutela de sacras imagens, são de muito pior e mais condenável conteúdo.
Saudações, Joshua...

joshua disse...

«...são de muito pior e mais condenável conteúdo.»

Subjectivo, caro Mike. Eu continuo a achar que a Palmira escreve a pataco, pinto, centavo, cêntimo, como todos os outros do blogue lobista Jugular.

Ora, é imoral que seja o Mike e eu a pagar esse blogue. Mais imoral me parece que o Mike não se importe nem se importe de ser enganado milhões de vezes.

Miguel Gomes Coelho disse...

Joshua,
Daqui ninguém leva um cêntimo.
A minha opinião sobre o JUGULAR também é diferente da sua, o que não é de espantar com as opiniões que temos trocado.
Mas o assunto não era esse.
O assunto era o tema do post da Palmira que para além do ataque que lhe faz não o vi rebater.
Quanto ao resto, para mim, são alcagóitas.
Saudações.