segunda-feira, dezembro 27, 2010

UMA PROSAICA EPIFANIA

Um post que faz justiça à nova-velha obscenidade nacional reencontrada  o exibicionismo caritativo, cheio de gestos de consolo retroactivos. Ninguém como o Luís para dizer a coisa como segue: «Sim, eu esperava uma epifania e obtive-a: Portugal não está deprimido nem mortificado como se diz por aí. Pelo contrário, Portugal está exultante. Portugal está em júbilo, porque bastou um ano de crise para reencontrar os seus pobrezinhos no adro da igreja, os seus velhos de pés em chaga, os meninos escalavrados a lamber o ranho e a estender as mãos. E já tinhamos todos tantas saudades.» Luís M. Jorge

Sem comentários: