quarta-feira, dezembro 15, 2010

O PROTESTO SILENCIOSO PORTUGUÊS


Vídeo visto n'O País do Burro bem a propósito da farsa das medidas desmedidas e comedidas com que o socratismo e a Europa indecente lidam com os seus povos: com os pés. Em dois anos, duzentos mil portugueses abandonaram o País. Dóceis, mansos, ingénuos, medrosos, o único protesto que encontramos é acuar ou sair. Como se costuma dizer no Brasilsangue de barata. Somos um povo com sangue de barata: por mais corruptos e falsos que os políticos nos sejam, são reeleitos, perdoados pelo voto ou isentados de tribunal do qual sairiam sempre absolvidos. Atrasados. Condescendentes. Encornados por todas as formas, fazemos por ter o que merecemos.

Sem comentários: