segunda-feira, dezembro 27, 2010

SUINIDADE SOCIALISTA

1. Porcalhentamente, os socialistas querem sangue nestas presidenciais. E é logo a fedente Edite a exigi-lo. Estaria tudo bem, desde que dessem o exemplo e sangrassem eles também. Mas não. Óbice supremo às medidas anticorrupção, flácidos comtemporizadores do sr. merdas-mil, Primadonna, a vaidade mais devastadora em detrimento do País, os socialistas querem que Cavaco dê explicações sobre o modo como negociou acções da SLN. Não estou contra. Desde que o cerne corrupto, incompetente, maligno e malévolo, chamado socratismo, faça exactamente o mesmo, que não fez, nunca, quanto à extensa lista de lixos que a PGR tem inumado de modo sorna e sistemático. 2. Nobre, o meu candidato, bem poderá denunciar isto mesmo, essa porca e cínica dualidade socialista, se for o homem que tem sido, o único com um discurso anti-Sistema, o único que nos espelha a todos, enteados menores da partidocracia e suas prostituições e traições ao bem comum. Aguardarei por isso. Espero que não tenha de esperar sentado.

3 comentários:

floribundus disse...

o largo dos ratos está pronto para despejar a sua merda em cima de Cavaco.
por falta de ideias e para esconder freeport, cova da beira, face oculta

dizia-se no Alentejo quando este ainda existia
«nem ladrão só,
nem puta só»

Anónimo disse...

Não sei se de facto a nossa memória colectiva e individual é curta. Mas muita gente tenta fazer-nos esquecer situações públicas, menos agradáveis ou até melindrosas da sua vida, sobretudo em tempo de eleições, sobretudo quando candidatos. Há dias no debate entre os candidatos Francisco Lopes e Cavaco Silva, Francisco lopes encavacou Cavaco Silva sobre o caso BPN e das suas ligações com os homens fortes que levaram à falência aquele banco pelos desvios efectuados e outras tramóias, designadamente Oliveira Costa e Dias Loureiro. Cavaco fugiu à questão incómoda. Cá fora, no entanto, respondeu que nunca tivera nada a ver com o BPN, que nunca comprara ou vendera nada ao BPN. Cavaco Silva sabe que com esta resposta foge à verdade. Cavaco Silva fez negócio com acções da SLN , a sociedade detentora do capital do BPN e sabe e a comunicação social referiu que Cavaco Silva obteve com as acções adquiridas em seu nome e da sua filha uma situação privilegiada pois vendeu-as com elevado lucro. Como a SLN não era cotada só graças a conhecimentos e compromissos muito fortes dentro do grupo grangeou essa situação de privilégio. Poderá dizer-se. 350 mil euros, sensivelmente o lucro da família Cavaco neste negócio, não é coisa de monta, comparados com os milhões de Dias Loureiro e Oliveira e Costa. É verdade. Mas Cavaco Silva nunca explicou essa situação. Andou sempre a fugir e agora vem tentar branquear o sucedido na sua qualidade de Candidato. Será que os portugueses informados se esqueceram já deste facto?

Fernando Lopes disse...

Cavaco, foi o único português que foi à PIDE e se esqueceu disso.
O meu pai, esteve detido dois dias e nunca se esqueceu, nem ele, nem eu que tinha 5 anos ...
Memória selectiva, para a PIDE, para o BPN, Cavaco é um biltre!
E esclareço desde já que irei votar em branco.