quarta-feira, dezembro 22, 2010

O DIABO ABORTA A BOM RITMO


Uma tragédia silenciosa, feia e maligna como quem no-la impingiu sem pedagogia nem ética nem sentido humano de qualquer espécie. Uma pestífera violência bruta sobre inocentes escandaliza absolutamente. O Altíssimo incarnou para que o amor imperasse e florescesse não para que um deserto de caprichos ficasse em seu lugar: «E, mais do que com os resultados, está desiludido com as mulheres: 354 foram reincidentes e fizeram mais do que um aborto em 2008 e 2009. "Fui ingénuo. Tenho pena que não tenham estimado uma lei feita para salvaguardar a sua saúde: era para protegê-las das complicações dos abortos clandestinos, não para fazerem dois ou três em dois anos."» i

2 comentários:

floribundus disse...

só em '7 rios' há 20 mil contribuintes sem médico de família.

mas há dinheiro
«para as porcas da perna aberta»

Anónimo disse...

a moral religiosa cega e bruta, chauvinismo ao cubo, meus amigos