UM TANGO A CHEGAR AO FIM

«E enquanto o Governo, através do primeiro-ministro, ameaça mais cortes no rendimento dos portugueses, a taxa de juro das obrigações do Estado português continua a subir, chegando os títulos a dez anos, hoje aos 6,84%. Debaixo da cenografia do bluff socratino, está próximo o pedido de socorro financeiro do Governo português, para adiar a bancarrota do País, resultado do delírio despesista dos governos socialistas nos últimos quinze anos.» ABC

Comments

floribundus said…
o esforço do desgoverno centra-se todo na pedincha.
nada se faz para evitar o desequilibrio da balança de pagamentos
Anonymous said…
www.youtube.com/watch