quinta-feira, dezembro 16, 2010

RAZOÁVEL IMBERBE FANÁTICO

Henrique Raposo, prodigioso caixa-d'óculos do Expresso e uma espécie de São João Baptista do caminho liberalóide para que nos dirigimos obrigatoriamente, enquanto portugueses e europeus, não deixa de ter razão ao atacar as frases fáceis e feitas de Alegre e de alguns socialistas chorosos. O pressuposto é simples: o socialismo falhou. O seu programa não era de desenvolvimento, mas somente eleitoralesco. Consistia em alternar a compra de votos com financiamento externo esmagador para alimentar um pífio Estado Social intermitente, activo especialmente em anos eleitorais e dormente nos outros, com a imposição de um Fisco devastador, inibidor da livre iniciativa no resto do tempo: «Estamos a assistir, isso sim, ao colapso de uma política assente no dinheiro emprestado pelos tais "agiotas", isto é, estamos a assistir ao colapso do socialismo democrático, tal como ele foi desenvolvido nas últimas décadas (em Portugal e na Europa).» Fora isso, Henrique Raposo mostra-se demasiado imberbe e fanático para ser sequer lido.

2 comentários:

Floribundus disse...

o Prof Queiroz apresentou queixa-crime contra aquele conhecido intelectual do secretário de estado dos desportos e médicos do 'liquido biologico'.
será desta que vamos ter direito a vber a 'coisa da mãe'?

Anónimo disse...

financiamento externo? Quê, do governo? estás com azar, que o nosso problema é mais o financiamento privado. Não és mais inteligente do que o Raposo.