terça-feira, maio 06, 2008

PAÍS PERVERTIDO


Nós escrevemos, vós escreveis, ele escreve.
Dizemos mais ou menos brilhantemente o mesmo.
E nada acontece. E tudo piora.
Pior para Portugal.

Sem comentários: