quinta-feira, agosto 28, 2008

400 MORTES INDIGESTAS


O regime torcionário, mas sorridente e organizado, da China Bipolar,
Nós fingimos acreditar. Enquanto a China e a Rússia se entretêm
no seu projecto de Liberdade e Direitos Humanos bem algemados no cárcere da esperança,
associemo-nos ao mal-estar abdominal do Dalai Lama, já hospitalizado na Índia.
No seu lugar, sabendo o mesmo que ele,
talvez devêssemos estar há muito nos cuidados intensivos, em coma,
na situação crítica de estar prestes a largar vela.

1 comentário:

Joaquim Alves disse...

Deixo-te aqui, sem mais palavras, parte de um post que coloquei no meu blogue.

«Na Quarta feira, estava a ver um qualquer programa de televisão sobre os Jogos Olímpicos de Pequim, onde um conhecido jornalista, (de quem não lembro o nome), trocava opiniões com Marco Fortes, (o tal atleta que gosta da caminha), outro senhor que não sei quem era e a D. Odete Santos.

Perante uma qualquer intervenção que falava do Tibete e da falta de liberdade, etc, a D. Odete saiu-se com esta, com mais ou menos estas palavras:
- Toda agente já sabe que o Dalai Lama é o chefe de uma clique de terroristas que torturavam e cortavam braços aos camponeses!
Perante o espanto do “jornalista” que timidamente ensaiou uma intervenção do tipo:
- Isso não é bem verdade…
D. Odete retorquiu de imediato:
- São historiadores que dizem!
O tal jornalista mais timidamente ainda, que a D. Odete não é para brincadeiras, perguntou:
- Historiadores?
E logo D. Odete:
- Sim historiadores da internet! É ir ver à internet!»


Brilhante a "visão" da D. Odete não achas?