sábado, fevereiro 20, 2010

MADEIRA, DUAS TRAGÉDIAS

É verdadeiramente trágico para o crítico momento político nacional que seja outra tragédia humana igualmente nacional, com as proporções e a magnitude que vão sendo conhecidas, como que a folgar-lhe, ao Asinus Aureus, as costas e a permitir-lhe o ar mais comiserativo e compassivo do mundo. Pode tê-lo. Enfrentar, porém, de modo solidário e sentido, factos tão dolorosos, instilar ânimo nos que sofrem, isso é algo que só gente de comprovada sensibilidade e interiormente grande pode fazer passar convincentemente. Impensável tais sentimentos e emoções genuínas entre pigmeus morais. Entre mesquinhos na Ética. A insensibilidade e o corporativismo fechado de todos os dias, o insulto sistemático e o ataque a oponentes e adversários pelo desporto de os amesquinhar e conservar esmagados, a neutralização do PR, todos os actos ou tentativas interrompidas, já de si graves, para absorver o que resta do nosso pluralismo, para engendrar um sistema unha com carne entre Poder, Negócios, Media, Estado e Partido, tudo isso não pode ser levado nem lavado pelas terríveis enxurradas de lama madeirenses. De incúria ou gestão ultra-desonesta e danosa dos recursos públicos ou dos caprichos do clima, quer num caso, quer noutro, há vítimas. Enterremos os mortos. Consideremos o que fazer dos vivos sob a devastadora lama da corrupção, enquanto há tempo.

7 comentários:

Anónimo disse...

Muito bem!!!!!

Daniel Santos disse...

fico-me apenas pela solidariedade que devemos ter com quem perdeu tudo e sofre na pele esta tragédia.

O resto pode esperar.

António disse...

só quem sente na pele poderá compreender como é, às vezes passa-nos ao lado, é do outro, este ficou entranhado no ilhéu madeirense, já habituado a sofrer...

vanessa disse...

So mesmo quem ta paxando pelas perdas ´´e k sabe o k eata sentindo......
Em vez das pessoas se dirigirem para ver as tragedias limitem se a ajudar os k realmente necessitam........

Unknown disse...

Realmente...depois daquela tragédia ainda levam com os emplastros.

(Isto em pretender ofender o célebre Emplastro)

mariahenriques disse...

o discurso de cavaco , ou de como até num momento de tragédia se pode fazer má politica.

http://apombalivre.blogspot.com/2010/02/o-discurso-de-cavaco-ou-de-como-ate-num.html

Anónimo disse...

que se foda mas é o benfica. haviam de ter vergonha do que tao a fazer. O rei dos pneus tá a fazer das suas. Mas não se excitem muito que vem aí o penta e vai ser na penultima jornada. ahahahahahah