segunda-feira, fevereiro 08, 2010

O PS DENIGRE O PS

É um favor que se faz a Portugal gritar sem pudor sobre o que se passa cá dentro. Denegrir Portugal é o que o PS faz enquanto se denigre a si mesmo pelo silêncio cúmplice com tantas formas de amordaçar jornalistas incómodos. Rangel grita somente num espaço democrático europeu onde a vergonha sul-americanizante do socratismo de plástico deveria, nas suas horripilantes e furibundas passerelles, sorrir menos. Já que nada se passa cá dentro, o mínimo é denunciar lá, em Estrasburgo, impensáveis malfeitorias governamentalescas em Portugal, neste momento: o plano do Governo para controlar jornais, para controlar estações de televisão, para controlar estações de rádio. É assim, denunciando-o, que se serve Portugal, já que a piolheira socialista se abstém de se demarcar do seu Primadonna absolutista. Possa Rangel repetir a dose, quantas vezes forem necessárias, nessa sessão plenária do Parlamento Europeu que se prolonga até quinta-feira.

1 comentário:

Anónimo disse...

piolheira socialista

ah grande democrata que me saiu este joshua