sábado, fevereiro 13, 2010

O POLVO BENFIQUISTA

Fora dos campos, onde o Benfica tem jogado e vencido com mérito e auxílio, temos equipas de caca a praticar anti-jogo como aprimorada forma de vida. O Leixões, hoje, envergonhou a Liga e o futebol português nesse ponto, com os seus jogadores deitados no relvado em tragédias contorcidas de dor fingida sucessivas e impunes. Antidesportivismo puro. Pago. Deprimente. Uma lástima. Temos um socratismo sem qualquer vergonha na cara ao qual tudo é permitido e nenhum escândalo suficiente. Acoplado e em acordo com essa podridão, eis o esforço do Sistema Desportivo que vai todo para que o Benfica seja campeão nem que se atropelem crianças, nem que se matem velhinhos e cães a tiro.

5 comentários:

Marco Nicolau disse...

Deixa-te de ser faccioso.

Esse anti-jogo é praticado recorrentemente por todas as equipas que jogam frente ao Benfica e Porto. É lamentável e reprovável mas é a liga que temos.

Quanto à arbitragem, não me parece que seja a causa da distância que o Porto tem para o líder (justo) e se achas que hoje ficou um penalti por assinalar, lembro-te que em Setúbal tivemos um lance muito semelhante que também não foi sancionado. Por muito que vos seja difícil de admitir, o Porto também já foi muito beneficiado esta época.

Como Benfiquista, posso dizer-te que sei o quão duro é estar afastado do primeiro lugar e também sei que o mais fácil é apontar as culpas a outros factores (arbitragens, túneis, malas “Louis Vuitton”, etc.), mas o que os portistas devem mesmo fazer é olhar para si próprios e analisar o que está mal, pois desculpar-se com arbitragens não é mais do que tapar o sol com uma peneira.

Comprimentos

Anónimo disse...

"Foi uma propaganda péssima para o futebol, em que nos sentimos prejudicados
e não é só pelo penalti não assinalado sobre o Rúben Micael. Tenho dificuldade
em qualificar um jogo da primeira liga com tanto anti-jogo, sem que o árbitro
fizesse nada", comentou Jesualdo Ferreira.

Para Jesualdo Ferreira, houve "dois jogos", um de "grande qualidade"
do FC Porto, "com muitas oportunidades de golo que a equipa não foi capaz
de concretizar", e outro "de anti-jogo", por parte do Leixões.

O treinador dos tetracampeões nacionais garantiu que a sua equipa vai
"continuar a lutar pelo título, contra tudo e contra todos" e confessou
que há no seio do grupo de trabalho "uma grande revolta".

Jesualdo Ferreira foi ainda mais contundente no seu descontentamento,
afirmando que "a linha do campeonato está lançada".

"A linha do campeonato está lançada, não estou a insinuar, estou a confirmar
olhando aos penaltis não marcados e aos golos anulados", afirmou

Daniel Santos disse...

Nem sempre se pode ganhar e nem sempre se pode vencer.

Anónimo disse...

Mas estes adeptos portistas querem dar música a quem?
O clube corrupto é o FC Porto. Se têm duvidas, oiçam as escutas no YouTube.

♞Dark Knight♞ disse...

Concordo com o ANÓNIMO. Vocês só enganam os povo de Curral de Moinas (a antiga vila Porto). Escusam de me dar ♬♬♪♫♪♪♬♬♬♪, oiçam ☎ as escutas ☎ de ✇ Pinto da Costa ✇ no YouTube.
☢ FC Porto ☢ é a Chernobyl (em ucraniano Чорнобиль) do futebol em Portugal.
Cuidado com as radiações.