sexta-feira, novembro 28, 2008

BOMBAIM, ENTREVISTA COM O DIABO


Depois de todos os eventos, limpo todo o sangue, a Índia não será a mesma.
Foi esta fúria medonha uma entrevista da cidade com o diabo.
Espera-se que surjam ímpetos retaliatórios e represálias,
a menos que as lideranças religiosas cedo amputem o resvalar
para um clima de violência generalizada que há a todo o custo que conter.
ljk
«O primeiro tiroteio começou, anteontem, cerca das 22h33 (17h03 em Lisboa)
no antigo Terminal Victoria, a principal central ferroviária da cidade,
hoje conhecida por Terminal Chhatrapathi Shivaji.
Testemunhas contam que dois homens armados com metralhadoras AK-47
e granadas mataram pelo menos dez pessoas e feriram dezenas de outras
antes de serem abatidos pelos agentes que acorreram ao local.
Contudo, o balanço final desta acção poderá ser muito superior,
admitem as autoridades.»

2 comentários:

antonio ganhão disse...

O perigo é perdermos a sensibilidade a este mundo em directo que cada vez mais se confunde com um filme da série C, ou uma ficção barata transmitida em prime-time. A tragédia permanente e em directo não sobrevive ao bocejo... salva-nos os dramas domésticos da TVI.

Tiago R Cardoso disse...

bom, se este mundo não está cair no abismo, eu gostava de saber onde estamos afinal?

Não acredito em crenças religiosas que façam isto, não acredito que pessoas mentalmente sãs façam isto.

Hoje acendo uma vela e vou orar, não um Deus, nem a outro sequer, vou orar pela união de forças positivas que nos levem para um lugar melhor, eu deste não gosto e não me revejo nele.

Jovem amigo, bom fim de semana.