sexta-feira, setembro 12, 2008

BANALIZAÇÃO DO AMOR


Que não se leia má-vontade neste nosso difícil aceitar
da nova linguagem do Governo, pela voz primo-ministerial,
em matéria geral de educação. Ensino, tradição, mérito, alunos premiados,
quinhentos euros, Dia do Diploma, confiança, professores,
amor à Escola?
Tal revolução copernicana vocabular e sobretudo atitudinal do Governo
tem só a ver com a actual Lua de Mel obrigatória em fase pré-eleitoral
e que naturalmente pressupõe um carinho e um cuidado
com todos os agentes de essa magna tarefa.
lkj
Ritualizando o reconhecimento e o enlace,
o Governo recorda o noivo que procura convencer
o conjuge maltratado no passado aos deleites nupciais de agora mesmo,
e que todo um namoro tortuoso, frígido e ausente deverá ser apagado e esquecido.
Como resposta garantida terá apenas esta: don't bullshit me.

Sem comentários: