sexta-feira, setembro 26, 2008

FUGAS-FRADE, RETIROS E LEVITAÇÕES


kjh
te tinha dito que sonhei que caminhávamos juntos,
tu vestido como um frade, tonsura, cilício e certamente um grande malho das Caldas
de barro e desproporcional porventura por baixo do teu Hábito, já?!
Pois foi o que me foi filme uma de estas noites.
lkj
Quanto ao malho, não ligues que o elenque:
quando se sonha não há limites para associações,
e tinhas tudo, toda a loiça, que um frade franciscano tem,
sandálias também.
lkj
Lado a lado, num percurso florestal, conversando sobre Política

me dizias que estavas cansado, que te retiravas franciscanamente
da consultadoria jurídica e da Política no seu Todo,
que por ti agora seria um sossego armado da aurea med
e da pena de vergastar o mundo e eu te dizia inconformado assim:
«Frei Tarantino, longe de ti abandonares a Causa Executiva.
A Causa Executiva precisa de ti. Estiveste no meio deles.
Conheces os vícios deles. Estás fartinho das manhas deles
que, industriado e doutorado, conheces por demais.
É a tua vez de liderar sozinho e sem eles.»
lkj

Pequeninamente, meneavas a cabeça e não assentias
no que te suplicava alvitrador. De repente, passa Frei Marques Mendes
e dirige-se-te deferente: «Fratello Tarantino, vim também para a Ordem
franciscanizar a minha retirância política e a minha liberdade de bitaitar.
Como folgo em ver-vos igualmente por cá sem penas e abraçado à pena!
«Num braço a espada, no outro a pena», citou, gracejando que,
retirados agora do Mundo, a espada de Agir em Prol do Povo
também descansaria. Seria só verbo mesmo.»
lkj
Nesse ponto, com mil tonéis de vinho
e dois mil suculentos quartos traseiros de leitão rescendendo,
o sonho virou pesadelo porque eu via impotente
dois Frades da Política aportuguesarem-se inteiramente,
retirando-se da vida activa e executiva para activar somente a bitaitada,
a marcação de língua ai-jesus e tal da nossa Política
e da nossa fraca Vida de Ideias Nacional.
ljlj
Pequeninamente, o Marques Mendes também quer vender livros,

é mais um, e tu viste, eu vi, as suas perninhas ambientais
e enérgico-renováveis bamboleando na cadeira diante da Judite Inquisitorial
de olhos de faca, feliz, sereno, seráfico, ali devolvido à grande paz
do descompromisso político activo, ali o símbolo acabado
de este Fado de Amuados e de Atados que nos vai definindo como Povo.
Mas para todos os efeitos, entre tanto frade franciscano retirante da política,
tu ao menos tens um Grande Malho das Caldas por baixo do Hábito e,
pelo menos no meu sonho, não és de barro.
Resposta muito oportuna tarantino-ferreira-pintoneana:
«FREI JOSHUA, Irmão Rex, é verdade que lado a lado,
num percurso florestal, íamos conversando sobre Política ...
e não é menos verdade que te dizia estar cansado,
que admitia uma retirada franciscana...
ljj
Enganais-vos, porém, no que tange aos frades que da política se retiraram
e se aportuguesaram inteiramente... é que um, por muito que o não queira,
tem de vergar a mola, pois tem de meter pão e mais alguma coisa
portas adentro que a sua condição de amancebado o exige
(sim, amancebado pois cousa inaudita seria ver-se um frade casado! e com gêmeas!)...
lkj
Já o outro, para além de generosos sestércios
que lhe caíram da mama republicana pública, ainda os recebe da mamas privadas...
como vêdes, há diferenças... e outra ainda...
eu bitaito porque me incomoda que se viva assim,
que se minta descaradamente,
que se diga hoje que somos amigos dos pobres
e amanhã nos transformemos em amantes dos ricos...
eu bitaito porque penso que o meu coração
bate do lado dos visonários que sonham com uma sociedade,
pelo menos, um pouco mais recta,
e o de Frei Marques não tenho bem a certeza que bata!
lkj
De qualquer modo, não Vos iludais, Frei Joshua,
meu retiro é meramente táctico, embora a minha acidez do bitaite seja permanente...
Tivésseis Vós tido a oportunidade de ler as minhas escorrências
apelidadas "Disto & Daquilo",
quando era efectivamente um Frade mais importante
e Frei Guterres mandava,
logo verias que a mim dificilmente me escaziam de pensamento!»

3 comentários:

Anónimo disse...

FREI JOSHUA, Irmão Rex, é verdade que lado a lado, num percurso florestal, íamos conversando sobre Política ... e não é menos verdade que te dizia estar cansado, que admitia uma retirada franciscana ...

Enganai-vos, porém, no que tange aos frades que da política se retiraram e se aportuguesaram inteiramente ... é que um, por muito que o não queira, tem de vergar a mola pois tem de meter pão e mais alguma coisa portas adentro que a sua condição de amancebado o exige (sim, amancebado pois cousa inaudita seria ver-se um frade casado! e com gêmeas!) ... já o outro, para além de generosos sestércios que lhe caíram da mama republicana pública, ainda os recebe da mamas privadas ... como vêdes, há diferenças ... e outra ainda ... eu bitaito porque me incomoda que se viva assim, que se minta descaradamente, que se diga hoje que somos amigos dos pobres e amanhã nos transformemos em amantes dos ricos ... eu bitaito porque penso que o meu coração bate do lado dos visonários que sonham com uma sociedade, pelo menos, um pouco mais recta, e o de Frei Marques não tenho bem a certeza que bata!

De qualquer modo, não Vos iludeis, Frei Joshua, meu retiro é meramente táctico, embora a minha acidez do bitaite seja permanente ... tivesseis Vós tido a oportunidade de ler as minhas escorrências apelidadas "Disto & Daquilo" quando era efectivamente um Frade mais importante e Frei Guterres mandava, logo verias que a mim dificilmente me escaziam de pensamento!

(c) P.A.S. Pedro Almeida Sande disse...

... e as perninhas, meu Deus, dependuradas e bamboleantes, agastadas com o olgar inquisidor de Madre Judite, a penetrante...

Joaninha disse...

Liiindo, estou em êxtase literario :)

E estou aqui a tentar escolher passagens e tal, para ver se faço um comentário qualquer inteligente (o que não é muito normal tendo em conta os dois neuronios), mas olha francamente, não consigo, gosto de tudo, cada frase é genial, pronto desisto!
Vou daqui quase zangada!

(até porque o patronato já se pergunta porque raio estou eu há meia hora a olhar para o ecrã do computador)

beijos