quinta-feira, janeiro 14, 2010

ONDE HÁ COELHO HÁ FOGO

Onze anos é muito tempo para tanto fumo e tanto fogo. Jorge Coelho e Luís Parreirão são constituídos arguidos, mas pelo menos Coelho está tranquilo. Diz que não é nada com ele e as buscas à Câmara e à CAP, estando em causa 4,5 milhões de euros que a autarquia deveria ter transferido para o CNEMA, não lhe dizem respeito: nem está envolvido no caso nem o projecto tem a sua assinatura. Sim, porque nestas coisas de projectos e sumiços de dinheiros uma assinatura faz toda a diferença. Depois de Vieira da Silva e a sua abusiva politização partidarizante do trabalho policial e justiciário com o Face Oculta, o que pensar da matéria que envolva figuras gradas do PS?! Cabala! Valha que a MotaEngil não passa sem Coelho. Mais um caso Bicudo!

1 comentário:

www.angeloochoa.net disse...

http://angeloochoa.spaces.live.com/default.aspx

Em

http://angeloochoa.net/portal_files/page0003.html

e em

http://angeloochoa.net/portal_files/page0004.html

e em

http://angeloochoa.net/portal_files/page0010.html

e em

http://angeloochoa.net/portal_files/page0005.html

poderão fazer «download»

a custo zero dessa de

‘As Cidades de Israel’

e DAS TODAS as restantes 11 publicações,

que o mesmo autor, com a sua forçosa escrita, deu a luz do dia,

nos seus 51 anos de literatura,

até hoje…

…«Poesia Para Dar…»

(Escreveria o Paulo Quintela…)

…«Tudo Dás, Tudo Tens…»

(Disse o Jesus Cristo…)