domingo, janeiro 10, 2010

PORTO SOFRIDO

Se o FC Porto consolidar uma equipa capaz de sofrer, de lutar comendo a erva, se conseguir uma mística de vitória na tradição que o catapultou, se for, como tem sido, dono e senhor das segundas voltas, época após época, esta vitória complicada e até polémica sobre a União de Leiria é um começo de conversa e tem dedicação. A Hulk e a Sapunaru. Chorem e roam-se os adversários se as coisas não forem tão simples quanto anelam. Um Jesus é um Jesus, mas poderá não ser ainda tempo para saciar a nação aquilina com a hegemonia interna há muito perdida.

2 comentários:

Quint disse...

A coisa anda preta e feia ...

Daniel Santos disse...

Jogar a bola com a cara dá expulsão, novas regras na liga.