sábado, dezembro 27, 2008

A BESTA JÁ NÃO É O PC


Durante muitos anos, vi no PCP a linha avançada de uma tirania
falida, um colonialismo ideológico provindo da longínqua Moskwa,
completamente inviável no mundo e em Portugal.
Hoje, inesperadamente, perante a traição grosseira praticada pelo PS
de esse grande iletrado do espírito, esse fruto do aparelho de todas as máfias-PS,
esse ignorante falsariamente 'ingenheiro', mas também pelo cancro de interesses
alojados no cerne do Estado de que vive e mendiga também o PSD,
percebo e percebe uma esmagadora maioria de cidadãos
que é urgente dar um sinal inesquecível ao País Político:
esse sinal é votar maciçamente à Esquerda de este PS Unívoco e Fascista-em-Actos,
votar em massa. Não por adesão ideológica, não por convicção partidária,
mas porque a Corrupção, o Abuso e o Desrespeito do Bloco Central de Interesses
pelos cidadãos, o esbulho, a miséria e o desemprego cavados compromentem
a continuidade de Portugal, comprometem o nosso timbre pacífico,
atiram-nos para as margens da rebelião e do caos mais ferozes.
lkj
Cada vez que o PM abre a boca, insulta-nos.
Cada vez que se declara socialmente sensível pratica um inteiro insulto desabrido.
Nunca o Povo Português foi tão explorado, desprezado e esmagado. Nunca!
Este PS da Patorra Informe sobre toda a Economia e os Media todos é um cancro
insulta-nos e cospe-nos por existir tal como existe, esmagador e incontestável.
Como descrever o fastio de suportar um Lello, um Vitalino, um Vitorino, um ASS?!
É penoso até ao limite da figadeira: a Besta não é o PCP.
A Besta, a grande Besta lesiva e esmifrante de Portugal, já não é o PCP. Já não é.

7 comentários:

Anónimo disse...

Lágrimas de crocodilo!

Já não vais a tempo, Madalena arrependida!

Daniel Santos disse...

Exagerado é o que tu és...

pelo menos já adoptou o slogan do Obama, Yes we can.

Blondewithaphd disse...

Pois... entre bestas, o que se passa é que as há na pujança do momento e outras há no definhamento...

António de Almeida disse...

-Também não exageremos, o mais certo será não votar a manter-se o status quo, mas se existisse a mínima hipótese do PCP vencer votaria no PS de José Sócrates, ou quem sabe até venderia a alma ao diabo se ele me aparecesse pela frente, tudo menos comunismo! Antes morto que vermelho!

Pata Negra disse...

O voto é uma arma, quem não a usa é democraticamente castrado!
Um abraço de voto na mão

quink644 disse...

Cada vez que o PM abre a boca, insulta-nos, é verdade.
Cada vez que o PM abre a boca, insulta-nos, é verdade.
Cada vez que o PM abre a boca, insulta-nos, é verdade.
Cada vez que o PM abre a boca, insulta-nos, é verdade.
Cada vez que o PM abre a boca, insulta-nos, é verdade.
etc...

antonio ganhão disse...

Chegou na altura de votarmos nos feios, porcos e maus... que de meninos bem comportados já estamos fartos e o Dias Loureiro a rir-se dete país de trouxas!