sexta-feira, dezembro 26, 2008

NO PAÍS DA IMPUNIDADE


É uma dor de alma ler as palavras do PG a teorizar sobre a Justiça em Portugal,
sobre o que ela é em Conversa Fiada, mas não pode ser de todo na prática,
sequestrada que está nas mãos da Política Oligarca & Gananciosa SA.
Não nos bastava a inoperância demagógica da determinação
da treta, do verbo de encher, do paleio redondo, falso,
do PM, tínhamos de levar com mais este Conto
de Fodas, no País da Impunidade.

5 comentários:

quink644 disse...

Quando se pretende explicar o que deveria ser evidente, é por demais evidente que essa evidência não é evidência nenhuma e como tal não se deveria ter iniciado esse esforço, estúpido porque inútil e inútil porque estúpido...

antonio ganhão disse...

A impunidade com que continuamos a votar neste estado de coisas é que me parece criminosa!

Portugal tem 5 séculos de história, o PS e o PSD têm pouco mais de 30... chegou a altura de os eliminarmos da nossa história.

antonio ganhão disse...

A impunidade com que continuamos a votar neste estado de coisas é que me parece criminosa!

Portugal tem 5 séculos de história, o PS e o PSD têm pouco mais de 30... chegou a altura de os eliminarmos da nossa história.

Tiago R Cardoso disse...

E tu lês essas coisas?

Olha que faz azia.

audrey disse...

esquece........
é Natal