sexta-feira, dezembro 12, 2008

O PAÍS DE SÓCRATES


O país radioso de Sócrates nada sabe de disforias.
É o único a escapar da devastação da crise, é o único a resistir,
a cagar e a tossir, no défice. O país de Sócrates não está mega-endividado
nem tem um milhão de escravos a recibos verdes,
não tem centenas de milhares de precários e de desempregados
mal descritos nas estatísticas e a quem se pagam ou subtraem os resíduos
de uma parca e sofrível sobrevivência,
não tem uma multidão de jornalistas e bloggers avençados pelo Governo
para cantarem de galo nas políticas e esmagarem de gelo os desalinhados,
ao parecerem investidos da papal infalibilidade de resguardar essas reformas de Regime,
na verdade assaltos desabridos ao muito pouco que muitos mal têm.
Vede-la Câncio, como dói que simplifique, minta e ria dos docentes nacionais:
é mais uma avençada de Sócrates, magnífica serviçal de uma lógica que ninguém percebe.
Vede-lo Vital, como dói que plasme a lei e a verdade em função do modelo ditador:
é mais um avençado de Sócrates, magnífico a polir os Prada, dia sim, dia sim.
Vede-lo Pitta, como nunca destoa do dictat do chefe e desdobra-se protector,
cúmplice, quiçá amigo pessoal? É mais um...
ghj
Há só uma verdade, uma só razão, uma só lisura: as de Sócrates.
E país também só há um: o Portugal que habita correcto, certinho,
polido de escória da liberdade, limpo da bactéria da discordância,
na cabeça providencial e elegantíssima de Sócrates.
ljjk
«Por configurar uma manifesta injustiça e atropelo aos cidadãos e contribuintes venho solicitar-lhe [PALAVROSSAVRVS REX] seja feita divulgação desta flagrante injustiça que perpassa pelo site da FERVE:
lkj
11 Dezembro 2008Caça à multa aos trabalhadores a recibos verdes A Direcção Geral de Contribuições e Impostos (DGCI) iniciou uma caça à multa aos/às trabalhadores/as a recibos verdes!
lkj
Estão a ser notificadas todas as pessoas que trabalham a recibos verdes e cobram IVA, para efectuarem o pagamento de coimas devido ao facto de não terem entregue a declaração anual do IVA.
ljjk
A necessidade de entrega desta declaração anual é desconhecida da grande maioria dos/as trabalhadores/as a recibos verdes e, mais importante que isso, replica toda a informação que é entregue trimestralmente, na declaração trimestral do IVA.
lkj
Acresce a este facto que as pessoas estão agora a ser notificadas para pagarem as coimas referentes à não entrega da declaração anual no ano de 2006 e 2007. Assim, parece lícito questionar porque motivo não foram notificadas no final de 2006, evitando assim o pagamento de duas multas, de cerca de 124 euros cada uma!
lkj
Existe cerca de 1 milhão de trabalhadores/as a recibos verdes, em Portugal. Se assumirmos que 500 mil não entregaram as declarações anuais, estamos a falar de muitos e muitos milhões de Euros a entrarem para os cofres do Estado, devido à não entrega de uma declaração cuja pertinência é, no mínimo, muito questionável!
lkj
Podem consultar a vossa situação no site da DGCI (http://www.e-financas.gov.pt/de/jsp-dgci/main.jsp) seleccionando ‘contribuintes’, depois ‘consultar’ e, por fim, ‘infracções fiscais’.
lkj
ACTUALIZAÇÃO (11/12/2008 às 23h50)
lkj
1. Ao longo do dia de hoje, muitas pessoas receberam cartas não registadas solicitando o pagamento da multa pela não entrega da declaração anual do IVA, cujo prazo de pagamento termina também hoje, dia 11 de Dezembro de 2008;
lkj
2. Cerca das 22h00, desapareceram do sítio da DGCI na Internet os documentos que indicavam a existência de dívida;
lkj
3. Foi sugerido, em algumas repartições de finanças, que fosse submetida a declaração anual ‘online’ e que esse comprovativo fosse enviado ao/à respectivo/a chefe da repartição de finanças, acompanhado de uma carta, solicitando a anulação da coima;
lkj
4. O sítio da DGCI não permite a entrega da declaração anual referente aos anos de 2006 e 2007.

8 comentários:

Anónimo disse...

Será que não andamos todos a ver o mesmo filme??

É que por muita merda que o Socrates tenha feito, há que admitir que não foi o primeiro a cagar no monte!!

A situação deste País está péssima, mas agora querer á força arranjar um único boneco para atirar pedradas parece-me coisa de miudos..

antonio ganhão disse...

Deixa lá o Sócrates! Olha já tens algo para mim?

Anónimo disse...

a korrosiva na verdade não quer saber da concentração de poder e no controlo abusivo de tudo pelo armani + prada e toda se pica

alguém escreveu que o socialismo do manequim armani se baseava em
sondagem
sacanagem
e ficam histéricos quando fala MFL.
são os ditadores do ps que escrutinam a oposição

Anónimo disse...

Se alguns anónimos e menos anónimos se dessem ao trabalho de ler decentemente aquilo que escrevo, as conclusões seriam outras.

De pica.. só mesmo picante e de preferencia na comida!!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Isto de ser anónimo pode ter algumas virtudes no meu caso por exemplo tem.
È engraçado poder apalavrar o que quer que se queira sem ter uma máscara de pintura para borrar.
Amigo Joshua?
Deixe-se lá de verborreias linguísticas e cresça para a realidade. Quer o quê no poder? Ou quem? Mais uma coligação maravilha que troca cargos a seu bel prazer? Cá para mim acho que concorda muito com a Manuela Leite.
Tá descontente com a vida?
Escreva menos e lute mais que é o que todos fazem. Ou isso ou vá roubar , sempre é menos feio que pedir.
De choramingas está portugal cheio!
E ainda se diz moralmente forte...os fortes não choram e a avaliar pelo que escreve já deve ter tido algum assento parlamentar que lhe retiraram ao poisar seu traseiro , ou isso ou então não tem moral nenhuma para "defecar" certas , passo a expressão ,postas de pescada como diz o povo.
Ou então já sei!
Quer a monarquia mas só se for para ser Rei certo?

ass: Uma Vénia

Pata Negra disse...

Joshua, este anónimo que me encima é demais! Só merece o post porque representa-se a muito mais do que ele próprio. Representa o Portugal salazarento ressuscitado na santa combidão de vilar de maçada! Representa a 4ª classe alcoolizada que dá apenas pão. Representa o xuxalistazinho velhaco revoltado por não ter lugar no banquete dos chefes. Representa a tristeza, uma certa desesperança de um fado que nunca mais nos deixa.
Anónimo

joshua disse...

Os que consideram que está tudo no bom caminho e desprezam um sentido crítico e criativo e uma intervenção cívica séria e articulada não têm uma vida, têm um lugar desocupado e desolado em vez de cérebro e um coração raquítico em vez do músculo bombeador de seiva e de autenticidade.

Com estes, bem pode continuar a rebaldaria. Só perde quem se incomoda realmente. Ainda bem que há resistentes e almas que se não deixam escarrar indefinidamente por reles perfis malévolos e torcidinhos. Ainda bem que a hora de chorar e de sofrer não é de todo selectiva: lambe a eito toda a fauna de fufas mesmo as mais ressequidas e incapazes de amar no alto dos seus pedestais da treta.

[A um 'Caracol' hermafroditamente fêmeo!]

joshua