segunda-feira, dezembro 15, 2008

ERA UMA CILADA E CORREU MAL



Era uma cilada obscena e correu mal. Ainda bem. Este recuo, porém, é só meio recuo.
Foram duzentos mil cidadãos a saltar de pasmo e a indignar-se organizadamente,
fazendo alastrar para os Media a notícia de uma, mais uma!, indignidade.
Agora, ponderem-se os casos particulares de abusos fiscais que se perdem no silêncio
porque o isolamento e a fachada da autodefesa está no papel mas é inútil na prática:
foi este governo que foi à caça de pseudofuga ao fisco retroactivando leis
para anos passados recentes, quando os contextos pessoais eram diversos,
condenando cidadãos falidos e em dificuldades a maior falência
e a ainda maior dificuldades ou não se tivessem comportado os Bancos
quase todos estes anos interim Guterres e pós Guterres como predadores do cidadão:
lkj
«Em comunicado, o gabinete de Teixeira dos Santos refere que "se a obrigação declarativa referente aos anos de 2006 e 2007 for apresentada até ao final do próximo mês de Janeiro de 2009, não haverá lugar à aplicação de qualquer coima e serão extintos os correspondentes processos de contra-ordenação", baseando-se no previsto no artigo 32º do Regime Geral das Infracções Tributárias (RGIT)».

4 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

Então quem fizer as declarações em falta até Janeiro safa-se?

Até vou ser bom rapaz e dizer que tá bem, agora quem é reincidente tinha de se lixar.

Anónimo disse...

Quase que fico com a sensação de que devo agradecer ao governo. Não fosse a contestação do PP, Bloco de Esquerda, PCP e de muitos cidadãos e gostava de ver se a decisão era a mesma.
Arranjam-se artigos para aplicar a multa e depois arranjam-se outros que afinal já justificam a anulação das multas. Mas afinal em que país é que se cria uma lei com efeitos retroactivos?!
E a bela desculpa de "o desconhecimento da lei não serve de argumento" também é muito interessante especialmente quando a seguir vamos a uma repartição de finanças onde também não nos sabem informar!!
Multa por negligência! Negligência de quem?

Daniel Santos disse...

Os que faltaram são beneficiados e os que cumpriram continuam a cumprir.

Anónimo disse...

o PS e o seu lider só recuaram porque temos OPOSIÇÂO - primeiro o CDS, depois o BE e o PC.

Esse VERME não quis ser confrontado com esta EXTORSÃO, quarta feira na AR!

Para mim, com esta atitude, este governo revelou-se FASCISTA! O Estado de Direito ACABOU! Isto não é um governo é uma associação criminosa. Ele preparava-se para roubar aos trabalhadores para sustentar os ricos banqueiros que roubaram e têm grandes reformas e indemnizações.