segunda-feira, dezembro 08, 2008

TÓXICA LEVIANDADE


Dentre vários ministros convenientemente desaparecidos de cena,
cuidando da sua vidinha, longe das luzes mediáticas com as quais
lidam tão desastradamente, por oposição ao Mega Mediático
Ilusionista Sócrates, nenhum mais fotogenicamente impróprio
que Jaime Silva da Agricultura. Ele tem o condão habitual,
como nenhum outro ministro, de nos deixar irritados,
ainda mais intranquilos e preocupados sempre que emerge algo na sua alçada
que lhe compete tratar e resolver, seja lá o que for. Pose escarninha e desalarmista,
por que motivo os 0,006 % que essa carne de porco importada
representam no conjunto das 440 mil toneladas no mercado português
nos deixam tão pertubados? Não deveria ser precisamente ao contrário?

Sem comentários: