quinta-feira, dezembro 18, 2008

IMPOPULAR, IMODERADO E AGRESSIVO


O quê? O partido da Maria de Lurdes Rodrigues, de Margarida Moreira,
de ASS [Augusto Santos Silva], de José Lello e de José Sócrates
um partido moderado de esquerda e popular? Então, estes donos de Portugal,
autênticos CEO de Portgual SA, são alguma coisa ideologicamente? Por amor de Deus!
Estes consultores de imagem inventam cada uma! Cambada de oportunistas
dos conceitos mais à mão! Perante o bluff geral das políticas,
do saque extraordinário do bem-estar e dos rendimentos das famílias,
este PS mostrou-se um partido de extrema-direita, impopular, imoderado
e sobretudo agressivo com quem não pode, já que o PS obedece
e submete-se aos fortes do costume, e não faltam exemplos:
veja-se a salvação dos imorais da banca e das suas grossas perdas nos casinos da Bolsa
antes que todos os recursos necessários fluam para a economia real.
A mentira e o número de circo somam e seguem.
lkj
Não haver realmente líderes com eles no sítio para denunciarem
a MPLAnização de Portugal, o lavrar de uma lógica angolana
de partido oficiosamente único nos monopólios dos negócios e dos interesses
sufocando e estalinizando a pluralidade e a diversidade nacionais!
ljj
É por isso mesmo muito natural que Manuel Alegre acene
com a cisão de uma deriva devorista de Direita como esta.

3 comentários:

Anónimo disse...

Subscrevo inteiramente o que aqui diz. E direi ainda que o "oportunismo sacanista" se aproveitou da boa fé da Democracia, adulterando-a a ponto de parecer uma tirania de farsantes.

antonio ganhão disse...

Os tolos são livres de seguir o que quiserem. O meu voto vai para quem mais prejudica o interesse destes senhores e sem folclore! Para os ortodoxos, feios e maus!

Pata Negra disse...

Pura e simplesmente "xuxalista"!
Um abraço a caminho do Novo Estado Novo